10 de agosto de 2010

Do inominável

Eu digitei algo do tipo “estralar os dedos”. Daí, acrescentei “ortopedista”, depois “médico”, e o ponto de interrogação. Vários sites que versavam sobre os supostos ou reais benefícios e malefícios de se estralar os dedos foram listados. Num deles, um fórum.

Fui lendo, correndo a barra lateral, até que me deparo com a opinião de um sujeito, cuja foto do perfil não era uma foto de seu perfil. Era um vídeo curto.

Olhei por detrás de minhas lentes moralistas e primeiro fiquei abismada, depois com nojo e, em pouco tempo, nauseada. O vídeo era de crianças. Todas vestidas (calma leitor!), mas dançando. Não sei dizer o que estavam dançando, a música não se ouvia. Mas estavam em uns seis casaisinhos. As meninas, de saia, encostadas na parede, de costas para os meninos. Os meninos de frente pra elas. Eles faziam gestos que imitavam um coito e sorriam para a câmera.

Mas leitor, você ainda não me entendeu. A dança era realmente muito expressiva e o gestual era complexo e preciso. Fiquei olhando pr’aquilo aterrada e enojada, tentando compreender a situação. As crianças estavam super bem vestidinhas e pareciam olhar para a câmera num modo de responder a algum chamamento. O ponto de filmagem estava mais alto e pegava as crianças de cima, o que me faz supor que o responsável era um adulto.

[Camila sai da sala]

7 comentários:

FlamingLips disse...

Lembra aquele papo de que "mais de 50% da mente humana pensa em besteira o tempo todo"?
Mais de 50% da internet é besteira o tempo todo

Joey Marrie disse...

Pois é.
Ontem eu lia uma materia sobre a internet deixar as pessoas menos inteligentes... se isso é uma verdade, o que acontece com aqueles que já chegam ali com um nivel elevado de burrice?

serpai disse...

Es mismo inominable... que pena que existen personas así

gracias por no silenciar tu voz.

Te dejo saludos,

Sergio.

Amanda Proetti disse...

Ohoooooô meu Deus!!! O que dizer? O que fazer? É por isso que não dá pra ficar só aqui nessa redoma chamada "meu umbigo"!!! =/

LIno XOngas disse...

Calcula-se que a população da internet ultrapasse 1 bilhão de pessoas (acima de 15 anos).
Vamos fazer uma conta básica: se 1% (um por cento) dessa população for constituida de depravados e voyers, podemos dizer que existe um "mercado" potencial de 10.000.000 (dez milhões) de imorais prontos a consumir qualquer tipo de lixo que se apresente virtualmente. A via democrática representada pela internet não beneficia somente a liberdade de expressão, mas também a expressiva violencia contra a dignidade humana.

Magno Nunes disse...

Ahhhhh não vi nada de tãããããããããão assim...

Vou procurar e já volto...

Magno Nunes disse...

Ah, não achei... :(
Postaeeeeeee