25 de dezembro de 2007

Palavras de quem sabe o que diz

Lobos?
São muitos.
Mas tu podes ainda
A palavra na língua
Aquietá-los.
Mortos? O mundo.
Mas podes acordá-lo
Sortilégio de vida
Na palavra escrita.
Lúcidos? São poucos.
Mas se farão milhares
Se à lucidez dos poucos
Te juntares.

Hilda Hilst
"Poemas aos homens do nosso tempo"

Faço das minhas as palavras da musa, com resignada admiração à singular genialidade no trato das palavras desta que "nasceu póstuma".

2 comentários:

ZumbiNews disse...

EHHH GOSTEI...VAMOS LÁ...

Camila's? São muitas.
Mais só uma admiro.
Pela beleza rara
Pelo sorriso fino

Onde poderá chegar?
Creio que ao infinito.
O saber que tens é puro
Mesmo em terras longinquas
Mesmo naquele quarto escuro

Acorda as 6 da manhã?
Duvido. Mas se um dia precisar
Conte comigo!

EEEEEEEEEEEEEEEE FICO MTO RUIM..AHAHA

Mas vamos lá,

Hilda Hislt parece ter uma obra muito interessante. Estava comentando com uma amiga mais cedo sobre o que ela achava dos escritos desta moça. Ela disse que um tal de Arnaldo Jabor poderia ter seguido a mesma linhas desta, pois o humor ácido é uma tônica dos textos.

E que palavrões e palavras de cunho erótico eram usadas para melhor entendimento do texto (esta parte fica por mim mesmo!)

Acho que a Hilda foi uma escritora iluminada, pois textos assim são pra lá de dificultosos! \o/

Lobos...Mortos e Lúcidos são encontrados aos vários...

Mas Iluminados...Inspirados e Gênios são poucos...(e nem se acha em bazar...:( )

HO HO HO...
Vou conferir minhas coisas pra ver se o Santa Klaus não roubou nada, porque ninguém me tira da cabeça que esse velhote é um larápio...
Onde já se viu, entrar na casa das pessoas depois da meia noite pela chaminé!!! ME AJUDA AÊ!!!!!!!!!



Bjos...
Má (cantando na chuva)

Joey Marrie disse...

Posso fazê-las minhas também?
rsrs