13 de dezembro de 2007

Pensamento lúdico

foto disponível no site: http://andaluciasur.blogcindario.com/2005/12/00346-amapolas.html


Sabe aquele tipo de pessoa que senta na frente da TV e grita com o vilão da novela, avisa a mocinha do filme que o monstro tá atrás dela e dá boa noite para o apresentador do jornal? Então! Eu não sou assim. Não com a TV, mas com livros.

Morro de amor, de dor, de alegria, de desespero. Enlouqueço junto com os personagens e nosso suor frio se mistura na realidade criada e estimulada a partir da fantasia de bons autores.

Estou sofrendo.
Gabriel García Márquez judia dos leitores de Cem anos de Solidão.
É possível perder a noção do tempo, tal qual os personagens. Amar junto com os romances tórridos e infelizes trazidos pelas asas das borboletas amarelas, pelos passos das salamandras e pela linda visão dos campos de amapolas. Fazer um minuto de silêncio pelas mortes e os lutos prolongados dos vivos. Sentir a dor e a glória dos milagres que só acontecem em Macondo.

Algumas vezes me senti tentada a dizer à minha avó para que não se preocupasse, que ao sair do cenário todos os personagens da novela iam comer pizza juntos, inclusive o mocinho e o bandido. Tive vontade de dizer que eles até eram amigos e que tinham que se esforçar para fingir juras de ódio eterno.
...Depois compreendi melhor que o que alguns chamam de ignorância era na verdade capacidade lúdica.
Eu tenho. Obrigada.

Um comentário:

ZumbiNews disse...

É FOGO...
Sabe no video game acontece a mesma coisa...

Você sofre com o personagem que você "guia".
Na Tv, principalmente em filmes de terror (huuuuuuuuuuuuuuuuu) você tenta salvar o fulano que tá entrando naquele quarto escuro...

Masss pensem comigo...
Quem em sã consciência entraria num quarto escuro...numa casa mal assombrada...a meia noite...numa noite chuvosa e com vários RAIOS E TROVÕES....Fala pra mim!!!!!

Hollywood precisa rever seus conceitos...pq tá mto piégas isso...todo mundo sabe que vai acontecer alguma cagada quando alguém se mete nessas situações...

Mas enfim...com a greve dos roteiristas no EUA pode surgir uma vaga pra este que vos fala!!!

Tio San que se cuide...
I'M GOING ATÉ AI!

Bjos...