3 de julho de 2008

Na gaveta alheia... uma coisa minha...

Acompanhando a evolução humana, a música reflete as profundas transformações sociais como manifestação artística do real. Seguem as provas:

Roberto Carlos, anos 70/80:
"Meu amor está tão longe de mim
Meu bem não seja tão ruim
Escreva uma carta meu amor
E diga alguma coisa por favor"

Daniel, anos 90
"Até hoje em minha vida o que fiz foi trabalhar
Correria dia e noite sem ter tempo pra parar
Era fax, telefone, internet, celular
Na verdade eu não tive sossego nem pra: pescar, caçar, dançar"

Frank Aguiar, anos 2000
"Eu vou te deletar te excluir do meu orkut
Eu vou te bloquear no msn
Não me mande mais scrap nem e-mail, power point
Me exclua também e adicione ele"

(Constatação verificada por meio de material recolhido para projeto de pesquisa)
Que coisa, não?!

5 comentários:

Magno disse...

Recolhido e devidamente gravado em um certo celular...
Onde ainda se encontram tais pérolas....
Hehe...

Beijos Cá...
Má (ainda com dor...e sem ninguém pra conversar...)

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Sou sua xará!
O Magno fala todo dia do seu blog e resolvi passar a deixar um oi!

Sabe, você escreve muito bem, devia fazer um site!

Sou fá do "seus dados" como ele fala! Hihi...

Beijinhos Xará com C!! Kamila

Fe disse...

Aguarde os proximos sucessos...


enigma...

Anônimo disse...

hahaha
Falta o funk:

"piririm piririm piririm....
Alguém ligou pra mim , quem é?
Sou eu , bola de fogo.
O calor tá de matar, vai ser na
praia da Barra que uma moda euu lançar...
Vai me enterrar na areia?"

....

hahahahha
Beeijo, Pii