12 de janeiro de 2009

Sobre nada

Se a existência de uma pessoa pudesse se dividir no seu próprio tempo, nos seus próprios feitos e no espaço que si mesmo ocupa, então perceberia que a dissociação gera um imenso vácuo, incidindo na inexistência de expressão. Porque tempo, espaço e movimento se precisam.
Quando o dia nascer as consequências estarão finalmente nuas. Todos escolhem o que serão no próximo minuto. Por isso, todo minuto é mágico. O exato momento em que acorda, o instante entre dar esmolas ou mudar de calçada. Tudo foi uma sequência doida do segundo anterior e anterior... Parabéns! A maneira como você escolheu viver seus segundos até este exato segundo, fez com que você chegasse até aqui. Lamentando ou se orgulhando, sorria. Você se trouxe até o aqui e o agora. Tempo este que acaba de acabar...

...E de recomeçar...

6 comentários:

Amanda Proetti disse...

Viver é mesmo uma grande "maravilha"!

Vivian disse...

Lindas palavras, um libelo à vida e ao otimismo. Que bom que eu cheguei até aqui. Que bom que tudo mudou - pra melhor. E viva os milhos de crepom!

Anônimo disse...

palavras ditas outrora...
a historia uma vez mais redita...

Magno disse...

"Chegou a hora de recomeçar...acreditar...pode ser...melhor assim...." CPM22...que fase...

Ah...minutos atrás eu era apenas o cara do regional...depois virei o nacional...viu...mooooooooo evolução...hehehe

Mas é isso mesmo...
Eu escolhi ficar...não me arrependo...afinal tenho muitos lenços....

BjoCá
Má (Fritando na vila olimpia)

Luciano disse...

- O que foi?
- Nada..
- Sabia que quando dizemos que é "nada" é por quê os pensamentos são grandes demais para serem explicados!?
- Não... Hummm.. É.. Eu estou pronto para ouvir suas explicações, seus pensamentos, tudo o que têm, ou não, pra dizer.

O Fabrício ohohohoh disse...

Simmm

Viva a mertamofóse

TE AMO