28 de fevereiro de 2009

O risco

Ter ou ser algo ou alguém público é uma grande aventura.
Recebi um adorável comentário numa postagem feita há quase um ano atrás. Teve trechos censurados, por receio da autora de sofrer ações judiciais. Acompanhem:


Anônimo: Aff vai toma no ** essa por**, largue mao, nd a ve essa por**.
e ainda um monte de paga p** ali em cima puxando o saco, "Bj, cá" AFFFFFFFFFFFF VAI TOMA NO MEIO DO TEU C*** "CÁ" DE B*****.
VAO TD SE FU** BANDO DE V****

Hoje, menos de vinte e quatro horas depois...

Juno: Estava eu vagando pela net e vim parar aqui nesse blog meio que por acaso... Adorei. Parabéns.
Beijo!!

Agora entendo porque a Amy surtou.
Faz mais sentido do que nunca aquela falta de sentido.

5 comentários:

Luciano disse...

_ Mas... este espaço não é público?
_ É. Mas é privado.
_ Ah... então não é público.
_ É. Mas é privado.
_ Logo... não é público.
_ É. Mas é privado.
_ É público, mas é privado?
_ É.

Magno disse...

Nossa...que cara brabo!
Respete a puliça!!!

Ahhh deve ser algum manezinho que não sabe de nada...não viu nada...e nunca vai entender nada...

É por essas e outras que entendo os rapazes que entram em cinemas atirando em todos...

Por causa de pessoas desse tipo é que o mundo está essa bagunça...

Dexa eles pra lá...

BjoCá
Má (Eu tenho uma camiseta escrita "eu te amo", parece uma grande bobagem mas é o que eu sinto quando estou voando, e eu to voando..."

Guilherme Bernardi disse...

olha...se eu achasse algum bloguinho idiota com um bando de idéias idiotas...acho que tbm cairia matando...a questão é: o seu blog naum tem coisinhas idiotas...=]

nata disse...

Eu acho q se eu visse um blog muito idiota eu simplesmente non me daria ao trabalho de escrever... ia ver o próximo... q besteira...
Na verdade a pessoa deve te conhecer e non deve ir com a sua cara mesmo...

Joey Marrie disse...

Nossa, que legal essa Juno, hein?
E que FDP esse Anonimo. Nem coragem de mostrar a cara tem.
Mas tudo bem, tudo bem.
Sorte nossa que existem por aí pessoas capazes de entender as palavras e de sentir o que elas traduzem!
Ebaaaaaaaaaaa!

\o/