3 de setembro de 2008

ConCeiTuAndo

Um ato de violência acontece toda a vez que alguém tenta, através de seu poder, suprimir o poder do outro. O tapa é a agressividade. E é só uma das conseqüências possíveis do primeiro movimento. A violência.

6 comentários:

Fe disse...

Necessária?? em algum momento???

momento da historia????

amoti

Anônimo disse...

Lamentável que nossa civilização tem atos de incivilidade contra seus pares e parentes...

Tratemos, então, de nos tratar com a maior sublimidade que está entranhada em nós: o amor.

P.p.

O Marginata... disse...

Mas, todavia e entretanto precisamos descontruir a idéia de que violência é somente aquilo que é físico.


Valeu por dar uma passadinha no meu!

E você tá me devendo uma montagem!

O Marginata... disse...

desconstruir*

Thays disse...

Hummm......total descontrol!

é isso aí, essa história qe tapinha não dói Não tá com nada só vale tapa de amor...kkkk

Bjuss Cá.

Magno disse...

Nossa...

Tudo começa com um tapinha...e pode acabar bem mal...

E sou completamente contra qualquer tipo de violência...

Mas claro, não tempos sangue de barata...se o ser abusa recebe uns croques pra ficar ligado..

Beijos Cá..
Má (Guarda armada!)