30 de outubro de 2008

ass.: tchuri tchurim funflai

Então qual seria, adorável anônimo, a palavra mais feia do dicionário?
Tenho aqui algumas inscritas pré-selecionadas:

1) defenestração (me lembra uma nefasta tração em déficit, ou algo assim...)

2) culicídeo (como não sei a faixa etária dos visitantes do blog, melhor não citar ao que remete esta aqui)

3) crocitar (fácil! Crocodilo quando cita! Manda outra!)

4) trocista (como diria Leda Maria, celebradíssima em Os Aspones, “é um típico colocador de troço pra fora”)

5) anódino (sem nó do tino)

6) espavorir (tipo um espasmo, só que meio rindo, sabe?)

7) pleistoceno (alguém acenando de um pára-peito que é um dos catetos da hipotenusa)

8) leguelhé (que lhe faz lelé)

9) bodegueiro (esbagaçado)

10) renitente (que tem renite novamente)

Mas a top topo é...
...Tchãrãrãrãm…

VerBorraGia… (eca!)

4 comentários:

Magno disse...

Eeeeeeeca...

É qnem escola...uma cola que não é mais...

Ou...sogra (ser de outro planeta que vem para acabar com a paz no mundo)

Ou até perimptório...(escritório do perim..)

Ou até esfiha (uma fiha que não é mais)

Enfim...o dicionário é um mar de possibilidades...

Artefatos mil...

BjoCá
Má (É isso ae gata!)

Chico Silva Jr disse...

hum...

ecmnésia...

dentre as apontadas fico com defenestrar acompanhado do Veríssimo.

Os escritos daqui pertecem ao fulgor destacado único numa plêiade!

Tammíris Teles disse...

Eca! Argh!

Anônimo disse...

Não quis virar uma enquete.
Pois não: Chorume

...