25 de fevereiro de 2008

Cara, o quê?

Um karaokê é legal. Mas só quando é você quem tá cantando. Ouvir os outros desafinando não tem graça. Legal mesmo é quando você desafina. E também não é legal ouvir alguém cantando bem. Karaokê não é lugar de quem canta bem. Um karaokê serve para revelar grandes desgraças da música pop/rock/pagode/bossa e MPB-I (Música Popular Brasileira - Internacional). Nada de grandes astros. Estes merecem um buraco fundo onde o eco seja abafado. Mas um Karaokê não. O palco de um Karaokê é lugar para grandes estrelas, que não brilham em qualquer lugar, senão... num Karaokê.

*********************
Aos aniversariantes do mês, um conselho valioso:
Usem filtro solar.
(E não deixem de me chamar para o próximo Karaokê!)

3 comentários:

Magno disse...

Filtro solar??? num entendi...

Enfim,

No Karaoke é o lugar das pessoas se revelarem.
Aquele que se diz fã de metal...cantando pagode, o fã de punk rock dando show em performances de Lulu Santos e Sydnei Magal nenhum botar defeito.

Karaoke é um máximo, nele todo mundo esquece um pokito dos problemas lá de fora e canta pula pega estica e puxa...e viva a festa da xuxa.

Eu gosto de cantar, de desafinar...e de ver o povo cantando com a voz toda...

Para quem não gosta meus pesares...
E para quem gosta...EU TB QUERO IR NO PRÓXIMO...

(filtro solar?)


Beijos Cá...
Má (como uma ideia que existe na cabeça e não tem a menor pretenção de convencer...)

Tammíris Teles disse...

Nossa, concordo em gênero, número e grau! Karaokê definitivamente não é lugar de quem canta bem! E só tem graça qdo a gte tá cantando. E ponto. rs

Vamos no Karaokê da Choperia Liberdade? (Sim, é um convite)

Magno disse...

AHHHH AGORA ENTENDI!

FILTRO SOLAR....DA-LHE BIAL